Mova-se
14 de março de 2022
Mobilidade

Transporte Coletivo de Goiânia e Região Metropolitana se Moderniza

“Não precisar passar por terminais, muitas vezes lotados, é um ganho para a qualidade de vida dos passageiros”, afirma o…

“Não precisar passar por terminais, muitas vezes lotados, é um ganho para a qualidade de vida dos passageiros”, afirma o Mova-se Fórum de Mobilidade

A partir de abril, passageiros do transporte coletivo de Goiânia e região metropolitana vão poder fazer a escolha por diferentes tipos de tarifa e analisar qual delas é mais vantajosa para suas necessidades/sua locomoção. Essas mudanças foram definidas no último 25 de fevereiro de 2022, durante a primeira reunião da nova Câmara Deliberativa do Transporte Coletivo (CDTC), que trouxe como uma revolução para o usuário, a implantação do Bilhete Único, que já começa a valer no dia 02 de abril.

Por duas horas e meia, usando a mesma passagem de ônibus, o passageiro poderá trocar de coletivo quantas vezes quiser. Com o Bilhete Único o usuário não terá mais a necessidade de passar por um terminal de integração para a troca de veículo, o que oferecerá a ele a liberdade de escolha do melhor trajeto para seu deslocamento, possibilitando viagens mais curtas e ou mais rápidas.

As novas modalidades de tarifas fazem parte do projeto da nova Rede Metropolitana de Goiânia (RMG), que substitui a RMTC (Rede Metropolitana de Transporte Coletivo). Serão implantados gradualmente, sete novos produtos tarifários. Dentre eles, o Cartão Pós-Pago, por exemplo, que vai dar uma forcinha para o usuário, principalmente no aperto de fim de mês. “Será uma espécie de cartão-pendura, brinca Jeovalter Correia, especialista em mobilidade e integrante do Mova-se Fórum de Mobilidade. Com o Cartão Pós-Pago, o passageiro usa o transporte coletivo, mas só acerta a conta no final do mês. Correia acredita que o perfil despolitizado e técnico da nova CDTC foi o que possibilitou os avanços na implantação do projeto de reformulação das tarifas do transporte da RMG.

Para o coordenador do Mova-se, o mestre em Transportes, Miguel Angelo Pricinote, as mudanças são um passo importante para a melhoria do serviço. “O usuário vai ganhar tempo, porque vai eliminar o tempo de espera nos terminais e retira o que chamamos de viagens negativas, que são os trajetos em sentido oposto ao destino do passageiro, mas que é feito para se chegar ao terminal”, explica Pricinote.  

NOVOS PRODUTOS TARIFÁRIOS DO TRANSPORTE COLETIVO

  1. Bilhete Único 2 ½  horas

Cartão de embarque por tempo de uso que possibilita, no decurso de 2 horas e 30 minutos, trocas de linhas e ou de ônibus, sem a necessidade de passagem do usuário por um terminal de integração, e sem pagamento de outra tarifa, assegurando ao passageiro a liberdade de escolha do melhor trajeto para seu deslocamento, possibilitando viagens mais curtas e ou mais rápidas.

  • Vale Transporte Assinatura

Cartão de embarque que possibilita ao passageiro, no caso beneficiário do Vale-Transporte, o livre acesso a Rede Metropolitana de Transporte Coletivo, mediante pagamento de um valor fixo mensal pelo empregador.

  • Cartão Família

Cartão virtual de embarque que possibilita desconto na tarifa aos usuários que usam o serviço em grupo, aos finais de semana.

  • Bilhete um Dia

Cartão virtual de embarque que possibilita a utilização em qualquer linha/ ônibus pelo período de um dia com o pagamento de apenas uma tarifa, permitindo o livre deslocamento em toda RMG e a escolha dos melhores trajetos, resultando em viagens mais rápidas e com menor custo.

  • Bilhete uma Semana

Cartão virtual de embarque que possibilita a utilização em qualquer linha/ ônibus pelo período de uma semana com o pagamento de apenas uma tarifa, permitindo o livre deslocamento em toda RMG e a escolha dos melhores trajetos, resultando em viagens mais rápidas e com menor custo.

  • Cartão Pós Pago

Cartão virtual de embarque, pós-pago, sem desconto, que possibilita a livre utilização de toda a Rede Metropolitana de Transporte Coletivo, pelo período de 30 dias (mensal).

  • Meia Tarifa

Cartão virtual de embarque que possibilita a redução de 50% do valor da tarifa básica, nos deslocamentos de até 5 quilômetros na RMTC. 



Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com (*).

Fechar

Preencha os campos abaixo para iniciar a conversa no WhatsApp.

WhatsApp Voltar ao topo